14.9.07

ATIRE A PRIMEIRA PEDRA

Quem estiver sem pecado, que atire a primeira pedra... Lembrei desta frase ao saber da absolvição do senador Renan Calheiros na última quarta-feira. Atolado num mar de acusações que vão desde envolvimentos com lobistas de empreiteiras, desvios de verbas públicas, crescimento vertiginoso e mal explicado do patrimônio pessoal, fraudes fiscais e contábeis, mentiras ao fisco e à Polícia Federal, utilização de “laranjas” para esconder negociatas ilícitas, abuso de autoridade e poder, enfim uma lista inconcebível para qualquer cidadão, mais ainda ao presidente do Senado, a casa maior do poder legislativo da República, não há outra explicação para que tenha sido evitada sua cassação senão a máxima estabelecida por Jesus: o Senado é uma casa onde macacos não criticam o rabo dos outros porque têm vergonha dos seus próprios rabos.

O senador Renan Calheiros sabe demais. Sabe dos pecados e crimes de tantos outros senadores, sabe dos expedientes dos que se locupletam no exercício do poder: compra de votos, beneficiamento de empresas, manipulação de verbas orçamentárias, recebimento de doações para “fundos de campanha”, comércio de concessões de veículos de mídia, sistemas de corrupção, loteamentos de estatais, “caixas dois”, os “por fora” das privatizações, além das escapadelas hedonistas dos engravatados da corte. Fosse escrever na areia, o senador Renan Calheiros encheria o chão com um triller de romances ilícitos, negócios espúrios, crimes grotescos, expondo a podridão dos bastidores do poder que nada mais são do que reflexo e expressão dos lixos guardados nom porão da alma humana conquistada pela diabólica trindade dinheiro, sexo e poder.

Não me admira que os senadores tenham escolhido a escuridão de uma seção secreta com o manto para uma votação secreta não menos tenebrosa: “as pessoas preferem a escuridão porque fazem o que é mau. Os que fazem o mal odeiam a luz e fogem dela para que ninguém veja as coisas más que fazem”, diz a Bíblia Sagrada (João 3.19,20 – BLH). Escondidos nas trevas, os homens maus são incapazes de promover processos de justiça, primeiro porque não têm autoridade moral para executá-los, mas também e principalmente porque temem a exposição de sua própria impiedade, vivem aterrorizados pela possibilidade de que sua vergonha seja exibida pelas esquinas, vire manchete de jornais, capas de periódicos, corpos nus em revistas de fetiche.

Ao denunciar o pecado dos impiedosos apedrejadores Jesus pretendia convocar todos à dignidade humanizadora, fraterna, conciliadora, mostrando que a culpa e a vergonha não são purgadas pelo achincalho, o enxovalho e a pena capital em praça pública, mas pela outorga mútua da compaixão e da misericórdia, própria dos que enxergam as sombras de suas próprias almas e estendem a mão e se irmanam na súplica para sejam guiados ao caminho da luz.

A proposta cristã da recusa ao apedrejamento não é uma licença para a manutenção de um sistema imundo perpetuado por almas sujas. A proposta cristã para que ninguém atire a primeira pedra é a afirmação de que ninguém precisa temer vir para a luz: a confissão a Deus não implica colocar a cabeça na guilhotina, mas o abrir do coração para que o poder de Deus anule a força da maldade, o perdão de Deus anule poder da culpa e da vergonha, e o amor de Deus se derrame sobre todos, para que se tornem desnecessários os bodes expiatórios e os processos vitimários. Jesus pretendia que os homens soltassem as pedras para que tivessem as mãos livres para receber perdão e amor, e pudessem se abraçar em justa e fraterna comunhão. Os senadores brasileiros que soltaram as pedras o fizeram por outras razões: ficaram com as mãos livres para agarrar as pontas do manto da escuridão a fim de que pudessem permanecer escondidos nas trevas e continuassem a fazer o mal.

16 Comments:

Blogger Maya said...

Muito bom.

12:44 PM  
Blogger Esequiel said...

O Que fazem então? Como não concordar com a atitude de hipocrisia generalizada e continuar ouvindo notícias de crianças, mulheres e idosos sem atendimento médico? Se comportar como aquela multidão, tipo cordeirinho sem reação, quando da greve do metrô em São Paulo?

2:08 PM  
Blogger Exemplo AVERA said...

O Brasil está "doente de culpa".

5:30 PM  
Blogger prlevi said...

Camarada Ed,

Assino com você esta reflexão sobre as trevas na votação sobre o Renan Canalha.

Não estou só, entre os companheiros do PT há muita gente que tem nojo de algumas coisas.

Você sabe o quanto levo à sério o discurso de muitas virgens vestais de prostíbulos que estão por aí em todas as organizações e instituições.

Parabéns! É isso! Continue escrevendo mais sobre este e outros escandalos.

Na Jornada,

Levi Araújo
Militante Petista até hoje.

8:14 PM  
Blogger Mamanunes said...

Duro é a gente ter que engolir esse lixo todo...
É isso aí pastor. Bota a boca no trumpete!
Um abraço
:(

10:35 PM  
Blogger Maya said...

O PT faliu como partido, não me arrependo nem por um segundo de ter saído. Arrependida estaria, e muito, se tivesse continuado a dar sustentação a um grupo oportunista, desonesto e desleal. Só me pergunto, como o Renato Russo: "quem roubou nossa coragem?"...

12:42 AM  
Blogger Rocha com said...

Este comentário foi removido pelo autor.

9:17 AM  
Blogger Rocha com said...

Caro Pastor

já sou admirador de sua revelação a tempos, obrigado por trazer a luz, mais esta tentativa de blasfemar a Palavra,

André Rocha

9:19 AM  
Blogger Vince said...

Profundamente simples.
Simples no sentido de ser direto e incontestável.
Perfeita observação que nos leva a consciência de todos nós.

2:14 AM  
Blogger Luciano Meirelles Azevedo said...

Prezado Pr. Ed,

Gostei muito! Sua voz ecoa por muitos, e por isso ações como a publicação desse texto podem ser como grãos de areia na contrução de um novo pilar de moralidade e cristianismo verdadeiro pois sinto como se todos ruíssem.
Agora me admiro com alguns que ainda insistem com o cego e franco "petismo", pulicando em seus comentários suas convicções e militâncias.
Quero aqui registrar minha insolente convicção de que não creio numa transformação social, onde os fins justifiquem os meios. Nào creio em luta armada (Genoíno, Dirceu, e demais quadrilheiros) assalto a banco (Dilma Roussef) ou demais ações de outros bandalheiros que se gabam de seu curriculum de ações criminosas pelo ideal socialista.
Hoje vivemos a consequência dessas pessoas no poder. Lula, Zé Dirceu, Dilma, Delúbio etc, são o que sempre foram.
Lembro aos demais, que os verdadeiros autores das mudanças políticas nesse país, foram os lideres dos movimentos estudantis, como José Serra e Franco Montoro, ou pensadores da esquerda democrática, como Fernando Henrique Cardoso, ou natos estadistas como Mário Covas e Tancredo Neves.
Que Deus nos dê políticos que tenham caráter, princípios éticos e morais.
Fora com a imoralidade, fora com a corrupção, fora com o maquiavelismo pós-moderno onde a propaganda serve para mostrar o que não existe, o que não tem conteúdo. Fora Lula.

12:07 AM  
Blogger Leny said...

Também faço parte do grupo que grita contra toda essa impunidade, mas o nosso grito não é ouvido pelos que fazem parte desse jogo sujo e desumano... e chego à triste realidade: O poder torna surdos a todos os seus beneficiados!
Pastor Ed continue falando,na certeza de que estaremos fazendo "eco" à sua voz.
Deus te abençoe nessa caminhada
Abraços

12:40 AM  
Blogger LUIZ said...

É bom saber que existem pastores com senso de responsabilidade social com a comunidade sofrida brasileira. Belo comentário... Um forte abraço.
Luiz Cláudio

5:49 PM  
Blogger prlevi said...

FORA TB. AQUELES QUE FORAM O NINHO DE COISAS COMO O MENSALÃO.

AONDE O MENSASALÃO SURGIU?

NO ABC OU EM MINAS?

COM O PT OU COM O PSDB?

NAUM É ESTE O PONTO, ABSOLUTAMENTE NAUM.

NOVAMENTE, BOA ED!

SEJA QUEM FOR: PT OU psdb, ONDE ESTIVER O HOMEM....., AÍ ESTARÁ A CORRUPÇÃO. (ATÉ NA IGREJA).

Não atiro a primeira e nem a décima pedra.

Na Jornada,

Levi

2:51 AM  
Blogger Wander Morínigo Teixeira said...

Tomara que como a prostituta absolvida, Renan vá e não peques mais...

10:09 AM  
Blogger Deni said...

Se o Brasil fosse um filme, seria "Eu sei o que você fez no verão passado"...e no inverno e na primavera também...e no outono então nem se fala! É por esta razão que prevalecem acordos excusos, agendas ocultas e inimigos que dormem juntos.
abs/db

7:24 PM  
Blogger Gigio said...

Muito bom este texto, ai vai outro bom texto para a sua vida; http://giovannipinto.wordpress.com/2012/06/17/salvacao/

12:32 PM  

Postar um comentário

<< Home


Ed René Kivitz
Pastor da Igreja Batista de Água Branca (São Paulo), autor e conferencista.
+ Saiba mais


LANÇAMENTO

Os artigos reunidos neste livro não são expressões de rebeldia à ortodoxia cristã, mas de inquietude diante de uma Igreja que...
+ Saiba mais


BEST-SELLER
Vivendo com propósitos apresenta a resposta cristã para o sentido da vida. Tomando como ponto de partida a afirmação de que Deus criou o homem...
+ Saiba mais


-----------------------------------------
  • BOSCH, David. Missão transformadora: mudanças de paradigmas na teologia da missão. São Leopoldo, RS: Sinodal, 2002.

  • XI Semana de Estudos de Religião - Fundamentalismos: discursos e práticas

    PRELETORES: Diversos
    DATA: 2 a 4 de outubro
    LOCAL: São Paulo (SP)
    Para saber mais, clique aqui!
  • "A missão é o sim de Deus ao mundo; a participação na existência de Deus no mundo. Em nossa época, o sim de Deus ao mundo revela-se, em grande medida, no engajamento missionário da igreja no tocante às realidades de injustiça, opressão, pobreza, discriminação e violência."
    David Bosch
  • Clique aqui para conhecer minha igreja. Você é nosso convidado!

Cadastre seu e-mail:

powered by Bloglet

 

 
....Copyright © 2006 Ed René Kivitz. Todos os direitos reservados.