24.11.06

Alma dividida

Pouca coisa é mais danosa do que a alma dividida: estar num lugar com a cabeça em outro; com uma pessoa, tendo outra a ocupar o afeto; num trabalho, desejando outra maneira de vencer os dias; numa família, invejando outra; numa estrada, ansiando outro destino; numa personagem, sabotando a real identidade do si mesmo.

6 Comments:

Blogger Lou H. Mello said...

Isso nunca me aconteceu...

11:48 AM  
Blogger Rubinho Osório said...

Pra mim, Lou, é só o que acontece...
Lembrou-me a frase "a felicidade nunca está onde a procuramos, porque nunca a colocamos onde estamos..."

12:13 PM  
Blogger Ana Eloisa said...

Em primeiro lugar, parabéns ao íntegro Lou, que afirma "nunca" - termo assaz abrangente - haver se sentido dividido. Poderia auto-alcunhar-se "Lou - o Uno"!
O que expões na notinha, rev. Ed, é dilema diário para nós - os fragmentados mortais - ainda mais quando se trata de mortais cristãos que são praticamente ensinados a fragmentar dicotômicamente a existência entre bem e mal, puro e impuro.
A personagem "nossa de cada domingo" é mais que simples exercício de papel social, é exigência e movimento de coerção do grupo religioso, que graças aos seus códigos etnocêntricos de moral e pertença persuade mulheres e homens a "existir" pela negação do SER, sem possibilidades para o "vir-a-ser". Bem, mas se o cristianismo fez isso com o seu Deus, porque não o faria conosco, pobres mortais?

1:01 PM  
Blogger Humberto Ramos said...

Sinceramente, não entendo. Se podemos discordar, questionar e afirmar sem lançar palavras agressivas; porque temos que ser agressivos em nossas falas, discursos e escritos?

"Isso nunca me aconteceu..." Não conta sobre o caráter da pessoa do caro colega (que desconheço)Lou.

Dizer que ele "poderia auto-alcunhar-se 'Lou - o Uno'!" pode ser um exagero.´Não acha?

Sei lá. O resto do que escreveu também me parece bem confuso, parece alguém que deseja postar no blog de um escritor conhecido (que não é melhor do que ninguém por isso) apenas pelo amor ao litígio.Ou para mostrar para aos amigos que o seu nome está lá.

Pode não ser nada disso Ana, e se não for me perdoe.

Abraços a todos

9:58 PM  
Blogger Humberto Ramos said...

acho que realmente não entendi muito bem o que vc quis dizer Ana, favor desconsiderar o meu comentário...

Relendo o comentário, eu volto a trás em minhas palavras...mantenho apenas o que comentei sobre o que vc disse em relação ao Lou.

Até.

Obs: Ed, favor delete estes dois últimos comentários meus.

1:02 AM  
Blogger olhosdemar said...

e se ela estiver dividida, Ed... o que a gente faz? diz aí.

10:59 AM  

Postar um comentário

<< Home


Ed René Kivitz
Pastor da Igreja Batista de Água Branca (São Paulo), autor e conferencista.
+ Saiba mais


LANÇAMENTO

Os artigos reunidos neste livro não são expressões de rebeldia à ortodoxia cristã, mas de inquietude diante de uma Igreja que...
+ Saiba mais


BEST-SELLER
Vivendo com propósitos apresenta a resposta cristã para o sentido da vida. Tomando como ponto de partida a afirmação de que Deus criou o homem...
+ Saiba mais


-----------------------------------------
  • BOSCH, David. Missão transformadora: mudanças de paradigmas na teologia da missão. São Leopoldo, RS: Sinodal, 2002.

  • XI Semana de Estudos de Religião - Fundamentalismos: discursos e práticas

    PRELETORES: Diversos
    DATA: 2 a 4 de outubro
    LOCAL: São Paulo (SP)
    Para saber mais, clique aqui!
  • "A missão é o sim de Deus ao mundo; a participação na existência de Deus no mundo. Em nossa época, o sim de Deus ao mundo revela-se, em grande medida, no engajamento missionário da igreja no tocante às realidades de injustiça, opressão, pobreza, discriminação e violência."
    David Bosch
  • Clique aqui para conhecer minha igreja. Você é nosso convidado!

Cadastre seu e-mail:

powered by Bloglet

 

 
....Copyright © 2006 Ed René Kivitz. Todos os direitos reservados.