2.11.06

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça

Nossa maioridade nos conduz a um verdadeiro reconhecimento de nossa situação diante de Deus. Deus quer que saibamos que devemos viver como quem administra sua vida sem ele. O Deus que está conosco é aquele que deserta de nós. O Deus que nos permite viver no mundo sem a hipótese funcional de Deus é aquele diante do qual permanecemos continuamente. Diante de Deus e com Deus, vivemos sem ele. [...] Deus é fraco e sem poder neste mundo, e essa é a precisamente a maneira, a única maneira pela qual ele está conosco para nos ajudar.

[Dietrich Bonhoeffer]

8 Comments:

Blogger anellessen said...

Textos como esse são incriveis porque nos incomodam para uma realidade de amadurecimento que não estamos acostumados a digerir.

Talvez tenha sido essa idéia do Ap. Paulo falando aos corintios sobre o tipo de alimento que ele gostaria de oferecer no lugar de "leitinho"...

2:56 PM  
Blogger Rubinho Osório said...

Obrigado por permitir coments!
Serei breve. Admiro Bonhoeffer, não o invejo, porém. Passou por poucas e terríveis. Seus escritos são profundos e belos. Devemos ter, porém, cuidado ao ler trechos. Podemos ter uma impressão errada do que ele queria dizer, isto é, o contexro, em Bonhoeffer, é importantíssimo. E muitos não o sabem, chegando assim a conclusões errôneas sobre o que pensava, sentia e escreveu.
Como diz Brabo: salvo engano!
Um abraço

7:11 PM  
Blogger Volney Faustini said...

Quem quer ouvir o mesmo de sempre, não venha ouvir aqui.

9:54 AM  
Blogger Beth_Bittencourt said...

O ideal mesmo seria que textos como este não fossem lidos isoladamente!
Não sou grande conhecedora da vida do autor, mas a impressão que tenho é que, tal qual muitos outros, ele facilmente "vomita" seus pensamentos em suas composições.
Textos reflexivo, questionadores e contestadores são muito ricos, sem dúvida. A partir deles, muitos de nós ganhamos novas opiniões e leituras de nossas próprias vidas, ou simplesmente nos servem de “gancho” para compor nossas próprias reflexões, mais amenas, talvez.
Às vezes, nos incomoda pelo absurdo que diz, ou porque disserta sobre coisas que também nos questionamos, mas não temos coragem de fazê-lo abertamente.
Se me dedicar, eu acho que consigo entender parte da perspectiva do texto, mas acho apenas curioso a “leve” diferença da questão do compromisso com o que se escrever. Não me parece uma “escritura inspirada”, apenas um monte de pensamentos que encontram a companhia de leitores de todos os tipos, que podem ser ainda mais confundidos, ou qualquer outra coisa, mas não devidamente abençoados!
Cada um pinta a sua loucura de um jeito. Há Van Goghs, e há Picasso. Admirar e entender é um fato, mas a beleza pura ao olhar de quem não é grande conhecedor tenderá sempre pelas simples evidências das cores e da paisagem, sem de imediato considerar o que está por trás da tela ou do pincel...

11:08 AM  
Blogger Dea said...

De boa, acho q é justamente o contrário... Na Biblia fala para fazermos tudo como se fosse pra Deus. Então, gente não dá o nosso melhor pq Deus 'desertou', mas sim pq em tudo que fizermos, devemos buscar ter excelência, como se fosse para o Senhor.
Deus Reina, é Soberano, qq coisa q façamos tentando excluir o fato de ele é quem governa tudo, é negar a sua soberania e majestade.
E outra, não tem tb como vivermos a nossa vida e a administrarmos como se vivêssemos sem ele, pq na Bíblia fala tb justamente o contrário: "Reconhecei o Senhor nos seus caminhos, e Ele endireitará a suas veredas". Sei lá, o texto parece reflexivo e tals... mas não me parece muito edificante não!

6:01 PM  
Blogger Humberto Ramos said...

Olá Ed,

Puxa, curto muito seus pensamentos e os do Gondim. Sempre que posso visito seu blog e o site dele. No entanto, penso que você poderia ser um pouco mais centrado na bíblia, embora eu tenha entendido o que você quer dizer e despertar ao colcar estes textos aqui, acho que você poderia se dedicar mais a postar seus próprios textos e que eles também sejam mais centrados na bíblia.

Sei que você tem conteúdo, e dos bons.

Não sei se consegui me expressar...

Obrigado por permitir que nos edifiquemos com seus escritos.

1:38 AM  
Blogger Hernan said...

Bonhoeffer entrou para o meu cânone.

1:19 AM  
Blogger Guilardo said...

O texto do teólogo alemão é muito profundo e bíblico pois o profeta Isaias diz que Deus é um "Deus que se oculta" - pelo menos para nós seres livres e que precisamos viver. O prblema é que nosso pseudoevangelho evangélico não nos deixa ver além das doutrinas que nos são passadas nas nossas pseudoescolas dominicais.
Um abraço.

6:23 PM  

Postar um comentário

<< Home


Ed René Kivitz
Pastor da Igreja Batista de Água Branca (São Paulo), autor e conferencista.
+ Saiba mais


LANÇAMENTO

Os artigos reunidos neste livro não são expressões de rebeldia à ortodoxia cristã, mas de inquietude diante de uma Igreja que...
+ Saiba mais


BEST-SELLER
Vivendo com propósitos apresenta a resposta cristã para o sentido da vida. Tomando como ponto de partida a afirmação de que Deus criou o homem...
+ Saiba mais


-----------------------------------------
  • BOSCH, David. Missão transformadora: mudanças de paradigmas na teologia da missão. São Leopoldo, RS: Sinodal, 2002.

  • XI Semana de Estudos de Religião - Fundamentalismos: discursos e práticas

    PRELETORES: Diversos
    DATA: 2 a 4 de outubro
    LOCAL: São Paulo (SP)
    Para saber mais, clique aqui!
  • "A missão é o sim de Deus ao mundo; a participação na existência de Deus no mundo. Em nossa época, o sim de Deus ao mundo revela-se, em grande medida, no engajamento missionário da igreja no tocante às realidades de injustiça, opressão, pobreza, discriminação e violência."
    David Bosch
  • Clique aqui para conhecer minha igreja. Você é nosso convidado!

Cadastre seu e-mail:

powered by Bloglet

 

 
....Copyright © 2006 Ed René Kivitz. Todos os direitos reservados.